A Hiperconvergência

Virtualização, armazenamento, redes, segurança e processamento agrupados em uma única solução.

Se na sua empresa surgem novas demandas de negócios, o volume de dados armazenados não para de crescer e a gestão do ambiente de TI demanda muitas horas e custos elevados,considere a Hiperconvergência como oportunidade para vencer estes desafios.

No início foi uma importante solução de infraestrutura para empresas de grande porte, com milhões de dados e datacenters gigantescos, mas atualmente atende companhias de diferentes portes e necessidades.

Como podemos definir a Hiperconvergência?

A Hiperconvergência é uma combinação de componentes virtuais e físicos, como servidores, redes e hardware de armazenamento, reunidos em um único dispositivo controlado por software. Cada fornecedor pode apresentar diferentes soluções para cada mercado, então, após definir as necessidades do seu ambiente de TI você pode avaliar a melhor solução dentre os vários fornecedores existentes.

Veja as vantagens:

-Redução de custos. Não são necessárias equipes distintas e especializadas em armazenamento, servidores, virtualização e redes. Também reduz custos de investimento (CapEx), de operação (OpEx) e o Total Cost of Onwnerwhip (TCO);

-Redução de horas dedicadas à gestão do ambiente;

-Otimização de espaço físico;

-Alta confiabilidade dos dados;

-Reduz a complexidade na gestão de hardware e software. Não há mais a necessidade de gerenciar sistemas distintos de servidores, redes e armazenamento;

-Como o sistema é altamente integrado e testado, o tempo de implantação é mais curto que o convencional;

-Conceito de plug and play. Como a infraestrutura é bastante simplificada, com muitos softwares pré-instalados e pré-configurados, bastam algumas definições para começar a utilizá-la;

-Expansão linear, ou seja, permite a adição modular de recursos extras de armazenamento e computação, conforme a necessidade, seguindo a conceito building blocks;

-Ganho de performance. Mais desempenho com menos hardware.

Mas atenção a estes pontos:

-Requer supervisão, e muitos profissionais de TI estão despreparados para gerenciar seus requisitos específicos;

-É preciso avaliar cuidadosamente o ritmo de entrega e o fluxo de trabalho para estabelecer as necessidades da empresa, e assim, ajudar a determinar qual hardware é necessário imediatamente e o que pode ser escalonado posteriormente;

-Conheça bem o comportamento do aplicativo para escaloná-lo da maneira correta. O monitoramento é essencial para perceber quando há degradação no desempenho e é chegada a hora de implantar uma unidade adicional.

Selecionamos para você mais algumas referências sobre este assunto:

http://www.itforum365.com.br/noticias/detalhe/122059/esta-na- hora-de- investir-na-hiperconvergencia

http://cio.com.br/tecnologia/2016/02/19/nao-ha- duvidas-de- que-a- hiperconvergencia-veio-para- ficar

http://blogbrasil.comstor.com/o-que- e-hiperconvergencia

http://idgnow.com.br/ti-corporativa/2017/01/09/opiniao- o-que- a-hiperconvergencia- pode-fazer-pelos- seus-negocios/

http://www.cio.com/article/3050770/infrastructure/all-hyper- converged-solutions- are-not-created-equal.html

http://www.cio.com/article/3045876/data-center/the- pros-and- cons-of- hyper-converged-solutions.html

TESTES END-TO-END NO MUNDO SAP - WHITE PAPER

Testes em ambientes SAP implicam em utilizar um conjunto próprio de métodos e ferramentas que vão além do SAP.

BAIXE O WHITE PAPER