Automação de Testes

Toda expertise e ferramentas necessárias para seus projetos de automação

Conforme os sistemas crescem em tamanho e complexidade, torna-se inviável garantir sua qualidade apenas empregando testes manuais. A automação de testes torna-se necessária e até mesmo obrigatória para as empresas que desejam manter sua reputação e competitividade.

A Prime Control tem grande expertise na automação de testes de variados tipos de sistemas: ERPs, integrações, e-commerces, aplicativos, entre outros. Além disso, possuímos profissionais com experiências sólidas nas ferramentas mais utilizadas do mercado, pagas e opensource.

Atualmente, a Prime Control emprega uma metodologia de automação com base na filosofia lean, o Continuous Test Automation. O CTA permite que nossos clientes aprimorem continuamente seus ciclos automatizados de testes, crescendo de forma escalável, ágil e flexível.

LEAN THINKING
O poder do pensamento enxuto

As maiores fontes de frustração em projetos de automação de testes estão relacionadas às expectativas iniciais sobre o que poderá ser automatizado e sobre os custos de implantação e manutenção da automação. Não se pode testar tudo e nem automatizar tudo, então temos de analisar o que de fato é importante para o usuário do software que será testado.

Talvez você já tenha ouvido falar do conceito de Produto Mínimo Viável ou MVP (Minimum Viable Product) que é o cerne da doutrina do Lean Startup (Eric Ries). Este conceito é um dos fundamentos do pensamento enxuto.

Nesse modelo, uma startup não deve construir nada além do MVP antes de entrar no mercado, pois qualquer funcionalidade implementada além disso seria desperdício de tempo, dinheiro e esforço.

Já o conceito de Minimum Viable Process preconiza que devemos identificar a menor parcela do serviço que poderia ser implementada para validar a percepção de valor pelo cliente. A partir da validação do serviço será possível aumentar sua abrangência e profundidade, ou seja, escalar o serviço.

Método de Automação de Testes

Definição da Estratégia de Testes

O fluxo de valor é mapeado para identificar no software (objeto dos testes) as funcionalidades críticas para o usuário.

Backlog de Oportunidades de Automação

O backlog é uma lista com todas as oportunidades de automação percebidas no momento inicial pela equipe de testes e desenvolvimento, seguida pela priorização das oportunidades mais relevantes ao usuário, para por fim se estabelecer o MVP do processo de automação.

Framework de Automação

O framework de automação de testes da Prime Control começa a fazer a sua mágica para construir uma base escalável para o processo de teste. Mesmo para um volume ainda pequeno de testes, as funcionalidades de gestão de testes e de ciclo de vida da aplicação já estão construídas e os componentes e templates para scripts de teste já estão disponíveis.

Cenários de Teste

Na plataforma são cadastradas as funcionalidades, objetos, requisitos e outros artefatos que vão permitir a geração autônoma de cenários de teste, a partir de um modelo de inteligência artificial, com seus respectivos scripts de testes a serem disparados automaticamente por agendamento ou evento.

Medição

Após o primeiro Sprint de testes automatizados, os resultados podem ser aferidos pelas ferramentas de report e dashboard da plataforma, completando o primeiro ciclo “Construir, Medir e Aprender” do projeto. As melhorias podem ser implementadas e, validado o modelo, o processo de automação pode escalar. Como aumenta a cobertura de testes, as oportunidades de automação são colocadas em backlog.

ROI

A cada Sprint é possível avaliar o ROI daquela etapa de automação e entender se o projeto está indo para o caminho certo, maximizando valor e evitando o desperdício.

Pirâmide ideal de Testes de Software

Pirâmide de Automação de Testes

Adotando as ferramentas e metodologias adequadas, o volume de testes diminui drasticamente, da mesma forma como reduz-se a incidência de bugs. Com a evolução desse modelo, os ciclos de desenvolvimento tornam-se muito mais rápidos, podendo até mesmo entregar pequenas atualizações diárias ou semanais, mesmo em sistemas de grande complexidade.

White Paper sobre Automação de Testes

Se você ficou interessado na automação de testes com o uso do Continuous Test Automation, preparamos um White Paper que apresenta mais detalhes dessa abordagem.