Pesquisa da Fujitsu revela como líderes mundiais passam pelo processo da transformação digital.

Confira similaridades e diferenças de como empresas de médio e grande porte ao redor do mundo estão encarando esse desafio.

A pesquisa foi realizada nos seguintes países: Austrália, China, França, Alemanha, Itália, Japão, Espanha, Reino Unido, EUA, Finlândia, Hong Kong, Irlanda, Cingapura e Suécia, entre o mês de Julho e Agosto de 2017. O estudo aponta para as principais tendências de como as organizações estão passando pelo processo da transformação digital. Os entrevistados ocupam cargos de tomadores de decisão dentro de empresas de médio e grande porte.

1 – Metade das empresas já aderiram a transformação

Dois anos atrás, 70% dos líderes de empresas entrevistados afirmaram que a transformação digital ainda era vista como uma aposta e um terço temia ser um investimento muito grande de tempo e dinheiro. Atualmente, praticamente metade das empresas entrevistadas (46%) já completaram ao menos um projeto de transformação digital e alcançaram o objetivo desejado. Apenas 8% não deram nenhum passo para uma transformação digital

2 – O consumidor foi o motivo principal para a mudança digital

A pressão dos consumidores foi o motivo principal para as transformações digitais para metade das empresas, seguido por competidores, parceiros e novos competidores. Ao mesmo tempo, algumas empresas estão relutantes em oferecer aos seus consumidores o que eles querem: 84% afirmaram que seus consumidores gostariam de novas interações digitais, 71% pensam estar atrás da concorrência quanto a inovação digital e 66% acreditam que irão perder negócios para seus rivais que já realizaram uma transformação digital.

3 – O método é tudo

Aplicar os método, atitudes e os comportamentos certos são considerados por um terço dos entrevistados como os fatores de maior importância para o sucesso da transformação digital. 9 de 10 empresas possuem uma estratégia digital clara, apesar de que 74% afirmaram que seus projetos digitais geralmente não possuem um planejamento estratégico, o que pode resultar numa falha de execução.

4 – A pessoa certa no cargo certo

Apesar de o colaborador certo ser considerado o segundo item mais importante para o sucesso da transformação digital, logo atrás de cultura organizacional, 70% dos líderes das empresas afirmaram que na sua organização falta gente com conhecimento na área digital. Desses conhecimentos, o de inteligência artificial e de cibersegurança são considerados com o maior déficit de know-how dos colaboradores.

5 – Co-criação é o caminho

As empresas não querem mudar sozinhas: 63% estão iniciando projetos digitais conjuntos com parceiros ou já começaram. Essa parceria ocorre com os mais diversos públicos, seja com experts da área (64%), com os consumidores (42%), e alguns (30%) estão considerando até mesmo os próprios concorrentes.

Para saber mais detalhadamente desse relatório da Fujitsu, acesse o PDF aqui.

Compartilhe...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

TESTES END-TO-END NO MUNDO SAP - WHITE PAPER

Testes em ambientes SAP implicam em utilizar um conjunto próprio de métodos e ferramentas que vão além do SAP.

BAIXE O WHITE PAPER