Case Sascar – Transformação Ágil e Implantação do Capítulo de Qualidade

Desafios

AUSÊNCIA DE KPIs DE QUALIDADE
Haviam poucos indicadores para avaliar a qualidade dos releases. Às vezes, pequenas correções eram rapidamente feitas e publicadas para atender aos clientes, sem se atentar para registros e documentações.

ROLLBACKS
Média de 1 rollback a cada 3 deploys.

MODELO CASCATA
A empresa estava migrando para o modelo ágil, mas ainda havia predominância de projetos em modelo cascata. Tentativas de implantação do modelo ágil acabaram gerando problemas de qualidade.

ESTRUTURA TRADICIONAL
Pessoas organizadas em departamentos, com estrutura formal e comunicação difícil para tomadas de decisões. O relacionamento com os fornecedores limitava-se ao modelo bodyshop.

Ações e Resultados

ESTRUTURAÇÃO DO CAPÍTULO DE QUALIDADE
Implantação de metodologias ágeis com reestruturação da equipe em times e squads.

IMPLANTAÇÃO DE KPIs DE QUALIDADE
Estabelecidos KPIs de qualidade no modelo de gestão a vista.

REDUÇÃO DO TURNOVER
Redução do turnover em 100% e mapeamento de competências da equipe.

DEPLOYS SEM ROLLBACKS
Aumento da quantidade de deploys, atingido 8 deploys sem nenhum rollback.

IMPLANTAÇÃO DA CULTURA DE AUTOMAÇÃO
Implantação de cultura, estratégia, framework e capacitação.

LANÇAMENTO DE OPERAÇÃO INTERNACIONAL
A Prime Control conquistou autonomia de decisões em relação a estruturação e tornou-se a principal fornecedora de QA.

Testes End-to-End no mundo SAP

Como testar processos complexos e integrados aos sistemas SAP

Ambiente SAP são complexos e interligados à várias outras plataformas, formando uma teia de dados difícil de gerenciar, garantindo segurança e estabilidade das aplicações.

Neste White Paper apresentamos alguns destes desafios e também algumas abordagens que podem lhe ajudar a solucionar estes dilemas.

Baixe agora mesmo