Prime Control é a PME que mais cresce no Brasil segundo Deloitte

A Deloitte e a EXAME realizaram a 13ª edição da pesquisa “As PMEs que mais crescem no Brasil”. O processo de seleção contou com 258 empresas de todas as regiões do Brasil. A Prime Control foi destaque, conquistando o primeiro lugar.

Com o crescimento médio anual de 329,19%, a Prime Control conquistou o primeiro lugar na edição deste ano da pesquisa “As PMEs que Mais Crescem no Brasil” realizada pela Deloitte, com divulgação exclusiva pela EXAME. O CEO Everton Arantes representou a empresa durante o evento de premiação realizado dia 30 de agosto de 2018 em São Paulo.

“Das 100 que mais se destacaram, a paranaense Prime Control, que faz testes em aplicativos e softwares, levou o 1o lugar ao crescer 329% por ano de 2015 para cá — só de 2016 a 2017 cresceu quatro vezes, faturando quase 9 milhões de reais.” destaca o artigo da EXAME.

Fonte: https://exame.abril.com.br/revista-exame/apetite-inabalavel/

Segundo Othon Almeida, sócio de Desenvolvimento de Mercado da Deloitte, “teve sucesso quem manteve investimentos em pessoas, tecnologia e inovações, mesmo com o mercado ainda ruim”. Everton Arantes, CEO da Prime Control, ressaltou que “outras empresas fazem o que fazemos, mas nós nos preparamos melhor, investindo em pessoas e tecnologia para entregar qualidade e rapidez”.

Este resultado é fruto de um longo trabalho de melhorias. A Prime Control dedica esta conquista a todos que participam do dia a dia da empresa. Este crescimento expressivo só foi possível graças ao imenso comprometimento e dedicação de todos os colaboradores e parceiros.

Para baixar a pesquisa completa, acesse: http://lp.deloittecomunicacao.com.br/PMEs

Automação de Testes - O Guia do Gestor

Conforme os sistemas crescem, é impossível garantir qualidade sem o uso de uma boa camada de testes automatizados. Regras de negócios cada vez mais complexas, a necessidade de uso de grandes massas de dados, além das inúmeras plataformas onde as aplicações precisam ser executadas, obrigam as organizações a investirem na automação dos testes. Não há como escapar.

Este é um tema bastante extenso e complexo. É impossível resumi-lo em algumas poucas páginas. No entanto, procuramos selecionar alguns tópicos essenciais, sem os quais qualquer implantação estaria fadada ao fracasso. Esses são os fundamentos para qualquer gestor comprometido com seus projetos.

Baixe agora mesmo