Prime Control vence processo licitatório e é a nova fornecedora da PRODAM de São Paulo

A Prime Control acaba de ser anunciada como vencedora da licitação para prestação de serviços à PRODAM – Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo. O contrato é pelo período de um ano, com a possibilidade de renovação por mais um ano. Os testes têm como objetivo identificar defeitos, falhas, vulnerabilidade de segurança e limites de operação nos sistemas de informação utilizados.

A PRODAM é responsável pelo desenvolvimento, operação e atualização de mais de 500 sistemas utilizados pela Prefeitura de São Paulo, a maior cidade do país, e atende a todas as secretarias e órgãos públicos. Trata-se de uma empresa de economia mista, considerada uma parceira estratégica da prefeitura na elaboração e implementação das políticas de Tecnologia da Comunicação e Informação.

A Prime Control executará testes de recuperação, segurança e de carga e desempenho nos sistemas da PRODAM. O serviço de testes de software permitirá que se antecipem problemas e estabeleça ações corretivas e preventivas de forma mais assertiva e precisa. Além disso, os testes oferecerão maior agilidade na resolução de defeitos, bem como o planejamento e desenvolvimento de soluções com melhor robustez, segurança e escalabilidade. Todas essas ações melhorarão os serviços prestados aos milhares de cidadãos que utilizam os sistemas de informação da Prefeitura de São Paulo.

O sucesso no processo licitatório coincide com o momento em que a empresa avança no mercado de testes na região Sudeste. “Estamos muito satisfeitos com a missão de colocarmos nossos serviços à disposição de um órgão público com a importância estratégica da PRODAM”, diz Everton Arantes, CEO da Prime Control.

Automação de Testes
O Guia do Gestor

Conforme os sistemas crescem, é impossível garantir qualidade sem o uso de uma boa camada de testes automatizados. Regras de negócios cada vez mais complexas, a necessidade de uso de grandes massas de dados, além das inúmeras plataformas onde as aplicações precisam ser executadas, obrigam as organizações a investirem na automação dos testes. Não há como escapar.

Este é um tema bastante extenso e complexo. É impossível resumi-lo em algumas poucas páginas. No entanto, procuramos selecionar alguns tópicos essenciais, sem os quais qualquer implantação estaria fadada ao fracasso. Esses são os fundamentos para qualquer gestor comprometido com seus projetos.

Baixe agora mesmo