Reduzir custos não significa demitir colaboradores. Veja o porquê!

Você sabia que o termo “automação” é um dos mais comentados nos últimos anos? E não é à toa: a automação pode reduzir custos e aumentar a eficiência operacional. Graças a tecnologias como a Inteligência Artificial (IA) e a Internet das Coisas (IoT), é possível automatizar tarefas cada vez mais complexas. Isso ocorre porque esse movimento possibilita o repasse de atividades rotineiras para robôs, algoritmos e recursos semelhantes. Assim, tarefas repetitivas passam a ser executadas pela tecnologia, e não mais pelas pessoas.

Mas, quando falamos sobre tecnologia, redução de custos e automação, logo vem uma dúvida: as pessoas. Muitas vezes, as empresas buscam, com a automação, cortar custos, substituindo funcionários por softwares e robôs. Vale lembrar, porém, que a automação não deve estar atrelada ao corte de empregos.

Processos de automação trazem maior agilidade, e com a tecnologia focada em algumas atividades, os profissionais podem se dedicar a ações estratégicas e à tomada de decisões. O RPA (Robotic Process Automation) consegue automatizar trabalhos repetitivos e dessa forma, pode ser associado às equipes para melhorar a performance e otimizar resultados. Assim, os funcionários não desperdiçam seu talento em tarefas mecânicas.

Mais agilidade e eficiência

O RPA é uma tecnologia que busca substituir tarefas repetitivas, operacionais e de baixa importância. Isso desperta o interesse dos gestores, uma vez que é uma possibilidade real de automatizar tarefas, reduzindo o trabalho manual. Neste processo, é possível garantir que a tarefa seja feita com mais assertividade e menos chances de erro. 

Mas é importante ressaltar que essa automação funciona de forma diferente de processos de Inteligência Artificial (IA), uma vez que não se executa nenhum recurso mais avançado, como o processamento de dados, mas sim, tarefas mecânicas. Dessa forma, ele não substitui o profissional, além de ser uma oportunidade de permitir que os analistas se dediquem a tarefas estratégicas e criativas. O resultado disso? Mais agilidade e eficiência, já que o robô fará em poucos minutos o que antes era feito em dias, e o funcionário, estará focado em importantes tomadas de decisão.

É possível reduzir custos sem demitir pessoas

Você sabia que a redução de custos não precisa estar atrelada à demissão? Vamos mostrar como isso pode ser feito, melhorando a performance da empresa a partir da automação. 

➡ Mais precisão

Alguns atrasos podem resultar em custos adicionais, como por exemplo no caso de pagamento de boletos. Por isso, a automação pode ser uma boa opção para realizar tarefas em tempo hábil evitando atrasos – principalmente nas repetitivas. Emissão de documentos, relatórios ou trâmites de pagamento podem ser passados aos robôs.

➡ Menos horas extras

Com a automação funcionando, o analista não precisa estender a jornada de trabalho para finalizar atividades repetitivas. As horas extras, normalmente, podem acabar se transformando em despesas, já que envolvem custos com alimentação e transporte, por exemplo. Ao automatizar atividades, você não precisa necessariamente reduzir pessoas: você pode reduzir as horas trabalhadas.

➡ Atividades mais rentáveis

As empresas oferecem diferentes serviços e produtos. E em vez de focar esforços em atividade repetitivas, com a automação o colaborador pode se dedicar a atividades mais rentáveis. Projetos maiores, planos estratégicos ou inovações, por exemplo. Ao focar em serviços rentáveis, você estará diminuindo custos. 

➡ Picos de demandas pontuais

Muitas empresas, ao fazer um job pontual, projeto específico ou em datas de compras importantes, acabam optando pela contratação de novos funcionários para auxiliar no excesso de demanda. É neste momento que a automação pode trazer ganhos. Já pensou em um chatbot para atender clientes durante uma data importante? Essa é apenas uma das diferentes opções de automação. Um RPA irá agilizar processos e muitas vezes não será necessária a contratação de outros profissionais.

➡ Usando o potencial dos colaboradores 

Não deixe que as tarefas repetitivas tomem conta do tempo dos profissionais! O acúmulo de tarefas pode, inclusive, causar a desmotivação do funcionário, que pode acabar pedindo demissão. Dessa forma, é preciso identificar e automatizar tarefas mecânicas para reduzir custos. Essa atitude libera mais tempo para que eles contribuam com outras demandas e com maior qualidade.

Esses pontos mostram que a redução de custos não precisa estar ligada à demissão. A automação não chegou para substituir o trabalho humano, mas sim para somar. Ela irá dar mais tempo para que o profissional se dedique a projetos mais robustos e complexos.

eBook RPA
Robotic Process Automation

Você está pronto para a (r)evolução?

Uma nova onda de automatização está chegando. Os robôs em software assumirão boa parte das rotinas de finanças, marketing, RH, TI, logística e outras áreas. Dotados de inteligência artificial, os robôs podem tomar decisões considerando um grande volume de dados. Eles são mais baratos, rápidos e eficientes que qualquer humano.

RPA não é assunto de TI! Todo gestor precisa conhecer o RPA e iniciar sua implantação para ganhar eficiência e proteger sua competitividade. Preparamos um ebook sobre o RPA. Nele, você entenderá a definição e a aplicabilidade desta tecnologia. Redigido em linguagem acessível, qualquer gestor pode aproveitar este material.

Baixe agora mesmo