Squads: o que são e como organizá-las em seu negócio

As empresas têm cada vez mais desafios: aumentar a produtividade, diminuir o tempo empregado em projetos e fazer com que as equipes atuem da melhor forma possível. Com base nisso, muitos gestores vêm tentando entender qual é o melhor modelo para gerenciar equipes. E é neste contexto que surgiram as Squads.

O modelo de Squad (que significa Esquadrão, time de pessoas) tem sido bastante utilizado em startups e em grandes empresas. Um exemplo é o Spotify e o Nubank, que já utilizam esse modelo. Na prática, as Squads significam times multifuncionais, que reúnem profissionais de diferentes áreas e que têm independência e autonomia de decisão. Um Squad trabalha com o objetivo de alcançar um resultado em específico e para isso formam-se grupos compostos por um especialista de cada área, que trabalham juntos.

Como funciona

Todo Squad precisa ter alguém responsável por coordenar as operações do time – mas isso não significa que há necessariamente uma hierarquia. Ter alguém responsável fará com que o projeto tenha um bom andamento. O gestor deve avaliar o perfil de cada colaborador, para que não existam atritos.

Nesta metodologia das Squads, existem chapters e as tribes. O primeiro está relacionado aos grupos de colaboradores da mesma área – por exemplo, quando todos são desenvolvedores. Já as tribes são conjuntos de Squads que trabalham para criar um projeto em sua totalidade. Por exemplo: se o objetivo é criar um novo software, uma Squad estará responsável pela estratégia de lançamento, outra pela captação de leads e outra pela prospecção ativa. Os três grupos, que são as Squads, formam uma tribe.

Benefícios para o setor de TI

O time deve estar estruturado de forma coesa para estar alocado no desenvolvimento e sustentação de um produto ou no fluxo de valor de uma empresa. Esse formato de equipe traz diferentes benefícios para o setor de TI. Confira alguns deles:

  • A produtividade e o aprendizado aumentam: ao colocar diferentes pessoas durante um bom período de tempo trabalhando juntas, isso habilita o aprendizado organizacional e, consequentemente, a produtividade aumenta. Dessa forma, é possível realizar diferentes tarefas em um menor período de tempo e os processos não ficam barrados em setores específicos. Lembre-se que em modelos tradicionais, os projetos dependem de mais de um setor da empresa e por isso acabam sofrendo atrasos, já que é preciso conciliar agendas.
  • Todos os envolvidos no projeto são responsáveis pela qualidade e isso aumenta o engajamento: os membros da equipe trabalham de forma ativa e acompanham todos os passos do desenvolvimento do projeto. Assim, a equipe enxerga o resultado de forma mais palpável, trabalhando para o sucesso do objetivo.
  • Não se coloca a culpa em outros setores: na Squad, incidentes irão ocorrer e é papel da própria equipe lidar com o aprendizado e melhorar continuamente. Nesse sentido, não se apontam dedos para fora, pois os envolvidos no projeto estão dentro do grupo.
  • Cultura de times: ao atribuir metas e reforçar a cultura desses times, promovemos um senso maior de equipe.

Dicas de como implementar e organizar Squads

É preciso medir continuamente o retorno de valor de negócio trazido pela Squad. E isso é fundamental para avaliar o investimento que está sendo feito. Caso veja, na prática, que seu produto ou fluxo não tenha tração no mercado, é possível reduzir ou desmobilizar a Squad.

Outro ponto importante em uma Squad é entregar a produção em ciclos curtos. Dessa forma, cada “passo” deve ser pequeno. As tarefas do time devem ser estruturadas em não mais que 06 horas diárias. 

Nesse cenário, a qualidade contínua também se torna parte do processo. E dessa forma, são utilizadas várias técnicas estruturadas em DevOps, tais como: Automação de Testes de Unidade, Automação da Verificação do Código, Smoke Tests, Automação de Builds, Integração Contínua e Entrega Contínua. 

Tudo isso resulta em importantes pontos para os projetos: maior fluxo, entregas contínuas, qualidade contínua nos produtos e otimização do fluxo de valor.

Se você quer saber mais sobre as Squads aplicadas à TI, entre em contato conosco!

 

eBook
Abordagem Lean para Automação de Testes

O pensamento Lean (enxuto) é o segredo para viabilizar seus projetos de automação de testes. Automação não precisa ser uma confusão. É possível investir de forma gradual e crescente, obtendo benefícios significativos rapidamente.

Preparamos um ebook apresentando uma abordagem lean para seus projetos de automação. Faça o download gratuitamente.

Baixe agora mesmo