SuperCase – Como a Prime Control está transformando a qualidade em uma das maiores redes de varejo da moda

Testes de carga e stress, testes regressivos automatizados em dispositivos móveis e geração automática de massas de dados para testes são apenas algumas das iniciativas que estão elevando os padrões de qualidade de software nesta rede internacional da moda.

Automação de Testes
O Guia do Gestor

Conforme os sistemas crescem, é impossível garantir qualidade sem o uso de uma boa camada de testes automatizados. Regras de negócios cada vez mais complexas, a necessidade de uso de grandes massas de dados, além das inúmeras plataformas onde as aplicações precisam ser executadas, obrigam as organizações a investirem na automação dos testes. Não há como escapar.

Este é um tema bastante extenso e complexo. É impossível resumi-lo em algumas poucas páginas. No entanto, procuramos selecionar alguns tópicos essenciais, sem os quais qualquer implantação estaria fadada ao fracasso. Esses são os fundamentos para qualquer gestor comprometido com seus projetos.

Baixe agora mesmo

A moda está no digital

O cliente é uma das maiores redes de varejo de moda e serviços financeiros do mundo presente em mais de 24 países da Europa, Ásia e América Latina. Apenas no Brasil são mais de 280 lojas presentes em 125 cidades e mais de 15 mil funcionários. Nos últimos anos, ele vem investindo em tecnologia e apostando no digital para proporcionar uma experiência inovadora para seus clientes. O digital está na moda. A moda está no digital.

Black Friday digital sem quedas e lentidões

Datas comerciais são um desafio para a tecnologia. O marketing faz sua parte trazendo milhares de consumidores para as lojas e para os canais digitais. Nesse momento, é importante não perder vendas e proporcionar uma experiência perfeita para o público.

Lentidões e interrupções nos servidores podem pôr a perder todo o esforço de marketing. Isso não pode acontecer! Ainda mais quando a reputação de uma grande marca está em jogo. A equipe de TI do cliente sabia da importância de dimensionar corretamente sua infraestrutura para suportar os picos de acesso da Black Friday. Após diversas tentativas com outros fornecedores, a Prime Control foi consultada e encantou na passarela.

O desafio era realizar testes de carga e stress em uma grande diversidade de aplicações, sistemas e ambientes do cliente, como por exemplo Middleware, OpenShift e MongoDB. A ferramenta adotada foi o JMeter, uma ferramenta open-source, madura, com múltiplos recursos, bastante confiável por ter uma grande comunidade de desenvolvedores e, é claro, sem nenhum custo de licenciamento para o cliente.

Resultados

Foram feitas duas baterias de testes. A primeira tinha como objetivo identificar gargalos nas aplicações. A Prime Control forneceu um relatório detalhado dos problemas e riscos identificados. A partir deste relatório, as diversas equipes de desenvolvimento e infraestrutura foram acionadas para promover ajustes e melhorias. Depois, a segunda bateria de testes validou os ajustes, indicando ganho de performance das aplicações e melhor uso dos recursos computacionais.

Ou seja, os sistemas foram otimizados e agora podem suportar uma quantidade maior de usuários, sem riscos de interrupção ou lentidão. Consultas do banco de dados foram otimizadas e também foi feito um melhor balanceamento dos servidores.

Também foram estabelecidas algumas metas de vazão para os sistemas, simulando a quantidade prevista de usuários para as datas comerciais. Um endpoint deveria atingir quatro vezes a vazão atual que era proporcionada pela aplicação. Em um teste de stress, este endpoint teria que suportar o triplo de requisições que estavam previstas para a primeira meta.

Para o cliente, ficou clara a necessidade de executar testes contínuos de performance independentemente de eventos como Black Friday. Com isso, surgiram outras demandas de testes de carga e stress para outras aplicações que compõem o ecossistema de tecnologia do cliente.

A moda é automatizar

Testes são uma etapa crucial em qualquer esteira de desenvolvimento. São os testes que impedem que bugs sejam publicados, que protegem a experiência do usuário, a reputação da marca e a segurança de todos. Contudo, por ser uma das últimas etapas, é comum que muitas empresas negligenciem os testes. Mas não nesse cliente!

A equipe de Quality Assurance (QA) do cliente realizava um determinado conjunto de testes manualmente em seus aplicativos para smartphones, nas plataformas iOS e Android, o que demandava aproximadamente 3 dias integrais de testes intensivos.

A Prime Control foi envolvida para construir uma camada confiável de testes regressivos automatizados. Dessa forma, robôs executariam testes, libertando o potencial criativos dos QAs para executar testes exploratórios ou mesmo para prevenirem o aparecimento de bugs.

Utilizando Python, Appium e um framework exclusivo da Prime Control, foram desenvolvidos 25 robôs para testes regressivos de diversas funcionalidades interdependentes nos Apps do cliente. Além disso, foram desenvolvidos outros 24 robôs para testes de fumaça, metade para iOS e a outra para Android.

Todos os testes se concentraram em funções críticas do sistema, ou seja, que, em caso de falha, prejudicariam seriamente a experiência do usuário, como por exemplo: autenticação de usuário, funcionalidades do carrinho de compras, busca de produtos, alterações de endereço de entrega, entre outros.

Resultados

Ao longo de 5 dias, os testes manuais e os testes automatizados trabalharam lado a lado. Pudemos comparar suas performances. No quinto dia, os robôs executavam 80 baterias de testes completas, enquanto a equipe de testes manuais executou apenas 5. Os números não mentem! 8 horas de trabalho do robô equivalem a 128 horas de trabalho manual. Vitória esmagadora dos robôs!

Mas não se preocupe! Todos os QAs continuam bastante atarefados, agora com tarefas mais criativas e preventivas. A automação de testes é um sucesso.

Qualidade integrada ao Jira

Para fins de controle e auditoria, é fundamental que os testes gerem evidências. É por meio delas que os desenvolvedores podem investigar as causas dos bugs, além de fornecer indicadores importantes para medir a qualidade do software entregue.

No entanto, os logs e capturas de tela de cada passo dos testes eram feitos de forma manual. Este procedimento era muito desgastante, o que acabava gerando falhas, falta de evidências e com isso muito retrabalho.

A solução encontrada pela Prime Control foi o desenvolvimento de uma integração inteligente com o Jira, software da Atlassian que permite uma gestão avançada dos bugs e incidentes. Agora, a equipe de QA escolhe quais testes regressivos desejam executar e a integração inteligente atualiza o status desses processos no Jira, bem como anexa todos os logs e evidências de bugs.

A integração com o Jira gerou uma economia de 110 horas no processo antes realizado manualmente, que levava 120 horas. Portanto, o robô consegue executar todos os testes em apenas 10 horas.

Quatro das cinco pessoas que antes executavam o processo manualmente, foram realocadas para outras atividades. Agora, apenas uma pessoa é responsável por iniciar e monitorar todo o conjunto automatizado de testes regressivos, totalmente integrados ao Jira.

Os riscos de falta de evidência foram praticamente eliminados, uma vez que o processo é automático. Há maior confiabilidade para auditoria, já que logs de evidencias são adotadas e incorporadas ao Jira em cada execução.

Geração de massa de dados em apenas 2 horas? Que massa!

Massas de dados, como o próprio nome sugere, são conjuntos de dados fictícios ou reais utilizados para testar as aplicações. São utilizadas para preenchimento de campos, simulando a ação de um usuário real. Uma boa massa de dados é o primeiro passo para testes confiáveis.

O cliente não tinha um processo maduro e documentado para geração de massas para testes que envolviam faturamento para a área de logística. O conhecimento estava na cabeça das pessoas e não havia um padrão. Isso gerava a centralização e afunilamento de demandas, bem como atrasos e uma certa dependência de profissionais específicos.

O prazo para geração de um conjunto de massa de dados era de 5 dias úteis, em média. Caso a geração fosse feita de maneira ininterrupta, o cliente estimava que seriam necessárias 2 horas de trabalho contínuo para cada item desse conjunto.

A solução da Prime Control começou com a documentação do processo, através da produção de um fluxograma que considerasse todas as suas condições. Depois, foi iniciada a construção de um robô inteligente, construído totalmente com tecnologias open-source, livre de licenciamento e de fácil manutenção, para produção de massa de dados.

Os resultados impressionaram o cliente. Um único dia de trabalho do robô de geração de massas equivale ao prazo de 14 semanas de um profissional dedicado. É um ganho impressionante de performance, confiabilidade, escalabilidade e padronização.

Se um robô e um humano disputassem uma corrida, em 2 horas o humano teria entregado apenas 1 item do conjunto de massa, enquanto o robô teria entregado 70 itens prontos para uso.

A robotização desse processo reduziu drasticamente a quantidade de horas que uma demanda necessita. O robô interage perfeitamente com os demais sistemas, sem requerer customizações.

O cliente está muito satisfeito. Ele sabe que estar na moda é entregar uma experiência incrível para seu cliente, seja na loja, no app ou no website. A Prime Control tem orgulho de contribuir para este sucesso. A moda também é tech!

eBook RPA
Robotic Process Automation

Você está pronto para a (r)evolução?

Uma nova onda de automatização está chegando. Os robôs em software assumirão boa parte das rotinas de finanças, marketing, RH, TI, logística e outras áreas. Dotados de inteligência artificial, os robôs podem tomar decisões considerando um grande volume de dados. Eles são mais baratos, rápidos e eficientes que qualquer humano.

RPA não é assunto de TI! Todo gestor precisa conhecer o RPA e iniciar sua implantação para ganhar eficiência e proteger sua competitividade. Preparamos um ebook sobre o RPA. Nele, você entenderá a definição e a aplicabilidade desta tecnologia. Redigido em linguagem acessível, qualquer gestor pode aproveitar este material.

Baixe agora mesmo