Stress Test – Teste de carga

Sua empresa suportará as operações de Black Friday e datas especiais?

Grandes ações de marketing e vendas geram picos de acessos aos website e sistemas. Se estes não estiverem preparados, podem sofrer interrupções de serviço e lentidões severas. Isso prejudica a experiência do cliente com a marca, gera sobrecarga de trabalho e conflitos interpessoais.

O Stress test (também chamado de teste de carga, teste de desempenho ou teste de performance) é a melhor forma de verificar se seus sistemas estão preparados os picos de operações.

O gráfico ao lado ilustra como é realizada uma parte dos testes de performance. Para cada volume de acessos, é mensurado o tempo de resposta. Os critérios de aceitação variam de acordo com o tipo do projeto e com a necessidade do cliente.

Como são feitos os testes de carga?

Primeiramente, junto ao cliente são mapeadas as principais operações realizadas nos sistemas e identificadas as que podem exigem mais recursos. Depois, são criados scripts de automação que simularão as operações simultâneas de diversos usuários. Tais scripts serão executados estrategicamente, podendo focar na performance da aplicação, do banco de dados, do ambiente ou das redes.

Também junto ao cliente, com base preferencialmente nas estatísticas de uso anteriores, é estimado o volume de acesso esperado nos picos, estabelecendo uma referência. Os testes simularão uma quantidade igual, inferior e superior à referência, medindo o tempo de resposta dos sistemas em cada cenário.

Dessa forma, os administradores terão uma visão bastante confiável da carga suportada pelos seus sistemas e infraestrutura. Poderão inclusive utilizar os resultados como base de comparação para a implantação de atualizações e melhorias.

Seus sistemas estão preparados?

Conte com a Prime Control para realizar testes de carga
de maneira imparcial em seus sistemas.